1753

Pular para o conteúdo

Na manhã de (sexta feira, 18 de setembro), durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Turismo, a Prefeitura de Lençóis promoveu um grande debate com representantes da sociedade civil sobre a reabertura da cidade ao turismo.

Fonte: Secretaria de Turismo e Cultura
20/09/2020 às 21h27

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Na manhã de (sexta feira, 18 de setembro), durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Turismo, a Prefeitura de Lençóis promoveu um grande debate com representantes da sociedade civil sobre a reabertura da cidade ao turismo.

Ainda sobre o tema, na segunda-feira, 20 de setembro o Comitê de Combate ao Covid-19 irá se reunir para pensar e avaliar datas e novas estratégias. Entre as propostas a serem avaliadas estão a reabertura para o turismo no dia 1 ou 10 de outubro.

"Com a liberação da circulação de ônibus intermunicipais e a liberação para aglomerações com até 100 pessoas pelo governo do Estado, Lençóis precisará readequar o plano de reabertura para o turismo. Estamos cientes da mudança de conjuntura ligada a pandemia mas não queremos perder o trabalho que foi desenvolvido até aqui e todo o empenho dos empresários", comentou o prefeito.

Até a sexta-feira, Lençóis havia registrado entre os casos confirmados: 4 ativos, 135 curados. Um total de 1060 testes foram realizados na população de pouco mais de 11 mil habitantes, sendo que 9 casos continuam em investigação. A cidade não registrou óbitos ligados a COVID-19, nem tem pacientes internados.

REPRESENTATIVIDADE - A reunião que teve ampla participação popular com representantes do poder municipal, Conselho de Turismo de Lençóis, de agências de turismo, de meios de hospedagens, representantes da gastronomia, do SENAC, de operadoras de linhas rodoviárias, de atrativos turísticos, da empresa de limpeza urbana, e também de associações de comerciantes, de músicos, de artesãos, de mototáxis, táxis, do Remanso, de guias e condutores, brigadistas, de bares e restaurantes.

CUIDAR E PROTEGER - O entendimento comum foi sobre a importância de independente de posições pessoais todos se unirem para que a comunidade seja protegida. Entre os pontos de discordância ainda está a exigência de teste para entrada do turista criticada pelo presidente do Conselho de Turismo, Anselmo Macedo, e por outras pessoas presentes.

Foi informado também um conjunto de ações de comunicação entre elas produção de placas, selos e informativo aos visitantes, além do reforço da comunicação nas redes sociais e site da Prefeitura; entre outras.

PARCERIAS - Outras entidades aproveitaram a oportunidade para reforçar também suas ações durante a Pandemia, tais como o SEBRAE com o Reconecta; o SENAC com as mentorias sobre protocolos; e a Real Expresso (empresa de ônibus) que destacou que cumpre e cumprirá as determinações municipais e mantém diálogo com o poder público.

Empresários demonstraram suas preocupações com a manutenção dos empregos e falta de clientes; mas confirmaram que estão engajados em cumprir os protocolos contra COVID em seus estabelecimentos.

A reunião selou então uma nova fase de união entre os princiapais atores do turismo que operam na cidade de Lençóis para uma reabertura com foco na segurança dos turistas e comunidade.