1753

Prefeitura Municipal de Lençóis

Pular para o conteúdo

Prefeitura itinerante ouve demandas de moradores da comunidade de Estiva

13/04/2021 às 10h03

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Comprometidos em ouvir e buscar alternativas para atender as demandas de moradores da comunidade Afrânio Peixoto (Estiva), gestores de diversas secretarias estiveram reunidos no dia 08 de março, na escola municipal Fernando Sales com lideranças da comunidade.

O encontro faz parte de uma ação em conjunto, idealizada pelas Secretarias de Agricultura e Assistência Social, através do CRAS, com o apoio da Secretaria de Educação e Secretaria de Administração, para ampliar o atendimento da prefeitura junto às comunidades rurais.

Inicialmente, os moradores apresentaram a Associação de Moradores e Amigos de Estiva (AMAE), criada pela iniciativa dos próprios moradores, para minimizar os problemas encontrados na comunidade, diante da falta de assistência da gestão passada junto à comunidade.

Entre as principais pautas apresentadas está o precário abastecimento de água que atualmente conta com apenas uma caixa de 10 mil litros para atender toda a comunidade.

Através da AMAE, os próprios moradores se organizaram contribuindo com 10,00 mensais por família para manutenção e custos adicionais. Com essa doação, eles compraram 01 reservatório de 16 mil litros, para ampliar a distribuição que atende torno de 150 famílias.

O engenheiro Samuel Augusto, representante da Secretaria de Obras, avaliou e coletou as medidas para construção de uma base para instalação da nova caixa, atendendo à solicitação feita pela comunidade.

O Secretário de Meio Ambiente se comprometeu em retornar com uma equipe técnica para fazer uma avaliação da água da Mina, que por muito tempo foi fonte de abastecimento na localidade.

Além das solicitações dos moradores para acabar com o esgoto que cai na rua, e de arborização do povoado, ele citou algumas demandas que tem como prioridade, como a recuperação das nascentes e o controle do crescimento desordenado de animais de rua, como a castração de cães e gatos.

Para a Diretora de Turismo, Aracely Dourado, a reunião mostrou o olhar cuidadoso da gestão com a comunidade e abre portas para o desenvolvimento de outras atividades que possam integrar o turismo e o campo. Ela afirmou a importância do tombamento da localidade, solicitada pelos representantes da associação, como processo fundamental de preservação da história e características físicas, como a estrada real.

Na agricultura, o secretário Maurício Lima falou sobre o potencial da zona rural, como o desenvolvimento de projetos da mandiocultura. Em parceria com o vereador José Amaro (Pelanca), eles estão trabalhando para viabilizar, através de emendas, a aquisição de um caminhão que funciona como casa de farinha móvel, para o desenvolvimento da mandiocultura.

O engenheiro agrônomo e diretor de agricultura Vanderley Almeida, se comprometeu em buscar programas que possibilitem a captação de créditos para o desenvolvimento de diversos projetos como a psicultura e o intercâmbio agrícola com outros municípios. Segundo ele, já foi reformulado o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, que vai possibilitar o acesso a editais e viabilizar projetos para o desenvolvimento rural.