1753

Prefeitura Municipal de Lençóis

Pular para o conteúdo

Festival de Lençóis: solidariedade e saudosismo marcam a edição especial 2021

01/05/2021 às 18h36

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A edição especial do Festival de Lençóis acalentou o coração dos amantes de Lençóis com uma retrospectiva dos 20 anos do evento, durante a programação online nos dias 29 e 30 de abril, através do canal da produtora Pau Viola Entretenimento no Youtube.

Com apresentações ao vivo e depoimentos de artistas que fazem parte da história do Festival, a edição relembrou momentos muito especiais.

Sob o comando do ator e apresentador Jackson Costa, que iniciou a noite com a poesia ‘Vigília’ de José Delmo, o primeiro dia contou com shows dos cantores Jorge Vercilo, Adelmo Casé, e Samantha Tosto. O público acompanhou um tour virtual pelos atrativos naturais da Chapada Diamantina e conheceu o projeto Geoparque Serra do Sincorá que pode tornar algumas cidades da Chapada um território de identidade chancelado pela UNESCO.

O cantor Jorge Vercilo, um declarado amante da Chapada Diamantina, relembrou momentos que viveu na região e afirmou não conhecer outro lugar com a energia da Chapada Diamantina, “É um dos lugares mais lindos e mágicos que eu conheço nesse planeta”.

A novidade da noite foi a participação da cantora Samantha Tosto, uma promessa da música baiana que apresentou um repertório diverso com canções já conhecidas pelo público, além das músicas do seu EP recentemente lançado “Sonho de Verão”.

Adelmo Casé, que participou do Festival pela terceira vez, relembrou momentos de suas participações nas edições anteriores e finalizou a programação do primeiro dia com canções que fizeram parte do repertório de Funk Machine.

De acordo com a organizadora do evento Paula Resende, o Festival é um projeto que estimula a cultura e as questões ambientais e sociais do município desde quando nasceu, em 1999. Segundo ela, a realização da edição especial do Festival, de forma virtual foi uma maneira que a produtora encontrou para manter o projeto vivo.

O segundo dia surpreendeu e emocionou assim como o primeiro. A cantora Margareth Menezes, que participou da segunda noite do Festival, declarou que a cidade de Lençóis faz parte da identidade cultural da Bahia como um tesouro para os baianos. Ela reforçou a importância do reconhecimento do Geoparque pela Unesco pela preservação e sustentabilidade da Chapada Diamantina.

Jau Peri animou a programação da noite com a energia do axé e relembrou momentos marcantes que passou em Lençóis.

A dupla sergipana Maria & Milena trouxe suavidade para a sexta-feira.

Assim como as edições anteriores, as atrações locais que tradicionalmente fazem parte da programação não ficaram de fora. As bandas Zion e Griô, Grupo Cordas & Copos e os folclóricos Marujada e Zambumba, participaram através de vídeos.

Em suas 19 edições, o evento recebeu mais de 300 atrações, entre artistas nacionais, baianos e locais, e apoiou diversas ações de preservação da região.

Assim como as edições anteriores, o Festival de Lençóis é um evento que estimula a cultura e abraça as causas sociais. Nesta edição especial, foi iniciada uma campanha de arrecadação de fundos para apoio dos artistas, artesãos e grupos culturais locais que foram duramente impactados com os efeitos da pandemia.

O Festival foi realizado com o incentivo financeiro do estado da Bahia, por meio da Lei Aldir Blanc, da Secretaria da Cultura e Fundação Cultural do Estado da Bahia.